Filhotes


Algumas dicas práticas sobre como cuidar bem de um cachorro.

Muitas pessoas cuidam de cães, mas poucas cuidam BEM dos cães. Nosso intuito aqui é dar algumas dicas práticas sobre como cuidar BEM de um cão.

INTELIGÊNCIA E SENTIMENTOS:

Cuidar BEM de um cão implica em, primeiramente, despir-se daquela idéia de que um cachorro é somente um cachorro e deve ser tratado como tal. Para princípio de conversa, cachorros são extremamente inteligentes, observadores e perspicazes.

É muito difícil enganar um cachorro com o qual se convive, porque eles aprendem a “ler” as nossas intenções e a premeditar as suas ações. Qualquer pessoa que realmente convive com um cachorro deveria prestar atenção a este fato. E a conclusão que se pode tirar disto é uma só: cachorros, além de inteligência aguçada, têm sentimentos.

Eles ficam magoados quando são traídos, ficam tristes quando apanham, ficam felizes quando recebem carinho, ficam desconfiados quando vêem alguma coisa estranha, ficam furiosos quando alguém tenta atacar o seu dono.

Portanto, para começo de conversa, convença-se de que cachorros têm sentimentos e inteligência muito acima da média. Respeite os seus sentimentos e a sua inteligência.

FRIO, CALOR E DOR

Se você estiver convencido de que cachorros têm sentimentos e inteligência, é evidente que vai concordar que eles também sentem frio, calor e dor, embora em níveis um pouco diferentes dos nossos.

Portanto, não deixe seu cachorro dormindo ao relento, no vento, na chuva, sem sequer um tapete ou um pano para protegê-lo. Principalmente no inverno. Ele sente frio!!!! Arranje uma casinha, forre com um tapete e coloque alguns panos quentinhos lá dentro. Eles gostam de fazer um “ninho” com os panos, e se aquecem com isto. Quanto mais curto for o pelo do cachorro, mais frio ele sente.

Da mesma forma, não deixe seu cachorro no sol sem opção de ir para a sombra. Não coloque a sua casinha diretamente no sol de verão. Ele sente calor!!!!! Quanto maior o cachorro, mais calor ele sentirá. Cachorros grandes podem ter inclusive quedas de pressão e desmaios quando estiver muito calor. Não brinque ou corra, nem leve o seu cachorro para fazer exercícios extenuantes em pleno calor de verão. Ele pode desmaiar.

Cachorros têm uma tolerância muito maior do que a nossa para a dor. Assim, se você ouvir um cachorro ganir de dor, tenha certeza de que está doendo muito. Para um cachorro ganir de dor, a dor que ele está sentindo é tanta que um ser humano não agüentaria sem desmaiar. Portanto, respeite e esteja alerta aos sinais de dor de seu cachorro.

Ao mesmo tempo, não faça nada que possa trazer dor ao seu cão, porque ele só reclamará quando não agüentar mais. Coleiras muito apertadas, unhas cortadas muito rentes, feridas abertas, tudo isto causa dor. Trate o cachorro como trataria a si mesmo.



Cuidados com o seu cachorro
julho 2, 2008, 9:27 pm
Filed under: filhote | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Alguns itens que devem ser observados para o bem de seu animalzinho

Filhotes

– Vacinar o animal com as três doses obrigatórias (30, 60 e 90 dias), com a vacina Óctupla.

– Usar vermífugo (remédio de vermes) três vezes ao ano. Essa proteção inicial irá proteger seu cão de vários tipos de doenças que poderão colocar sua vida em risco, nos primeiros meses.

– Ter um local seco e quente para que ele possa dormir.

– Alimentá-lo com ração específica para filhotes.

Adultos

– Vacinação anual (óctupla), que protege o animal contra 8 tipos de doenças.

– Vermífugo três vezes ao ano, de acordo com o peso do seu cão.

– O local onde ele dorme deve ser limpo, com água e ração em potes limpos.

– Se a casa não tiver muro ou portão, o proprietário deve providenciar o “vaivém” (arame de correr).

– O cio das fêmeas é de 6 em 6 meses e dura em torno de 25 dias. O tempo de gravidez varia entre 58 e 63 dias. O ideal é fazer a castração.

– Manter sempre seu portão trancado e cuidar para que ele não fuja quando entrar ou sair de carro.

– Dar banho a cada 15 dias (em dias quentes).

– Os exercícios são muito importantes para o desenvolvimento de filhotes e para manter a boa forma de animais adultos.

– Evite o contato direto do seu animal com inseticidas, desinfetantes, detergentes e produtos químicos em geral.

– Em festividades como Natal, aniversários, ano novo, manter o animal preso, por causa dos estouros de foguetes.

– Colocar identificação do animal e do proprietário em sua coleira.



Cuidados com o seu filhote
junho 30, 2008, 7:04 pm
Filed under: filhote | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Quando o filhote é levado pra casa, ele é apresentado ao seu novo lar. É ali que ele vai viver, provavelmente, toda a sua vida. Em sua nova casa, o filhote precisa ter o seu espaço bem definido, um local onde ele possa descansar como uma cesta, uma caminha, toalha ou cobertor. Ele precisa saber que é aquele o seu território. Os primeiros dias do filhote em seu novo lar devem ser tranqüilos e você deve ser paciente e compreensivo. À noite, coloque uma bolsa de água morna e um cobertor na cama do filhote; isto fará com que ele se sinta protegido e não reclame da falta da mãe e do resto da ninhada. Um relógio mecânico ajuda a mantê-lo calmo, pois simula os batimentos cardíacos da mãe. Uma música pode aliviar a tensão da solidão.
Se ele choramingar, não o repreenda nem o leve para cama com você, pois em poucos dias ele terá se acostumado a dormir sozinho durante toda a noite. Até o quinto mês de vida, os filhotes normalmente dormem várias horas por dia. Não se deve incomodá-los e ou pegá-los com freqüência. Evite chamar seu nome apenas para vê-lo atender. Quando for chamá-lo, chame-o com carinho – a chamada do nome deve corresponder a uma ordem simpática e agradável. Falar alto e gritar são atitudes inúteis, pois a audição é muito aguçada; para chamar a atenção diga apenas o nome dele em um tom de voz diferente do usado normalmente. Quando for chamar a atenção faça sempre no momento que ele cometeu o delito, pois passados alguns minutos, ele não saberá porque está sendo repreendido.



Dez mandamentos do cachorrinho!
junho 4, 2008, 6:55 pm
Filed under: Uncategorized | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Dez Mandamentos do Cão

01 – Minha vida deve durar uns 10 ou 15 anos. Qualquer separação minha de você vai ser dolorosa para mim. Lembre-se disso antes de me levar para a sua casa…
02 – Me dê tempo para entender o que você quer de mim.
03 – Deposite sua confiança em mim.
04 – Não fique zangado comigo por muito tempo nem me prenda por castigo. Você tem seu trabalho, suas diversões, seus amigos. Eu só tenho você.
05 – Fale comigo de vez em quando. Mesmo que eu não entenda suas palavras eu compreendo sua voz.

06 – Saiba que, independentemente da forma que você me trate, eu nunca vou esquecer disso.
07 – Por favor, não bata em mim. Eu não posso bater de volta mas posso morder e arranhar, coisas que na realidade eu não quero fazer.
08 – Antes que você me repreenda por falta de cooperação, teimosia ou preguiça, pergunte a você mesmo se não tem alguma coisa me incomodando. Talvez eu não esteja comendo a comida certa ou fiquei no sol por muito tempo ou o meu coração está ficando velho e fraco.
09 – Cuide de mim quando eu ficar velho. Você também vai ficar velho…
10 – Vá comigo nas jornadas difíceis. Nunca diga “eu não agüento assistir” ou “deixe que aconteça quando eu não estiver junto”. Tudo é mais fácil para mim se você estiver junto. Lembre-se, eu amo você.



Cuidados com um filhote:
maio 30, 2008, 7:18 pm
Filed under: filhote | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Quando o filhote é levado pra casa, ele vai estar sendo apresentado ao seu novo lar. É ali que ele vai viver, provavelmente, toda a sua vida. Em sua nova casa, o filhote precisa ter o seu espaço bem definido, um local onde ele possa descansar, como uma cesta, caminha, toalha ou cobertor. Ele precisa saber que é aquele o seu território. Os primeiros dias do filhote em seu novo lar devem ser tranqüilos e você deve ser paciente e compreensivo. À noite, coloque uma bolsa de água morna e um cobertor na cama do filhote; isto fará com que ele se sinta protegido e não reclame da falta da mãe e do resto da ninhada. Um relógio mecânico ajuda a mantê-lo calmo, pois simula os batimentos cardíacos da mãe. Uma música pode aliviar a tensão da solidão. Se ele choramingar, não o repreenda nem o leve para cama com você, pois em poucos dias ele terá se acostumado a dormir sozinho durante toda a noite.

Até o quinto mês de vida, os filhotes normalmente dormem várias horas por dia. Não se deve incomodá-los e ou pegá-los com freqüência. Evite chamar seu nome apenas para vê-lo atender. Quando for chamá-lo, chame-o com carinho; a chamada do nome deve corresponder a uma ordem simpática e agradável. Falar alto e gritar são atitudes inúteis, pois a audição é muito aguçada; para chamar a atenção diga apenas o nome dele em um tom de voz diferente do usado normalmente. Quando for chamar a atenção faça sempre no momento que ele cometeu o delito, pois passados alguns minutos, ele não saberá porque está sendo repreendido.